Armário Cápsula // Lista de compras

Armário Cápsula // Lista de compras

Para as que já estavam desanimadas com tanta limpeza, chegou a parte que de certeza vão adorar! Já limpámos o armário, percebemos qual a nossa receita-base para escolher o que vestir, descobrimos o nosso estilo e definimos as cores que vão fazer parte da nossa vida, pelo menos nesta estação. Então e agora? Temos de perceber quais as falhas que o nosso armário acabado de limpar tem. Que peças/cores já fazem parte? E que peças/cores estão em falta? Temos básicos suficientes ou estavam em maus estado e acabaram por ir embora?

Com base na sugestão de número de peças que te dei na artigo “Armário Cápsula // Perguntas & Respostas”, vamos perceber o que te faz falta. Deves ter:

  • 2/3 de partes de cima – no meu caso, 21 peças em que apenas dois tops são mais fancy e 4 camisolas são de malha grossa;
  • 1/3 de partes de baixo – no meu caso, 7 peças em que 6 são calças e 1 é saia;
  • 4 a 5 casacos – eu optei por ter 7, mas o biker cinzento e o blazer rosa seriam completamente dispensáveis;
  • vestidos – o número vai variar consoante esta seja ou não uma das peças que mais gostam de usar. Se adoras vestidos, podes reduzir o número de partes de cima e de partes de baixo e teres mais vestidos. Se não usas muito, podes fazer como eu e ter apenas um vestido preto básico que dá para todas as ocasiões (basta usar os acessórios certos) e um vestido/túnica mais casual;
  • 5 a 9 pares de sapatos – eu tenho apenas 5 a uso diário, e mais dois que uso em ocasiões formais (uns ténis dourados e um sapatos altos pretos). Escolhe sapatos que se encaixam no teu dia a dia, por exemplo se andas muito de transportes públicos e a pé talvez seja melhor optares por sapatos rasos do que altos;
  • 3 a 4 malas – as malas nem sequer têm de contar para o vosso número total de peças. Eu contabilizei as minhas, mas sinto-me à vontade para alterar o número de malas sem sentir que comprometi o meu armário. No meu caso tenho uma mochila bege, uma mochila preta – com o miúdo dá imenso jeito usar mochilas porque ficam nas costas e deixam-me as mãos, braços e colo completamente livres -, uma mala tipo shopping bag rose gold porque adoro a cor e acho que fica bem com uma grande parte da minha roupa, e uma mala básica preta. Não tenho nenhuma clutch a uso porque raramente vou a algum sítio onde me faça falta esse tipo de mala, mas guardei duas que podem servir para casamentos/batizados/passagem de ano.

 

Para veres as peças que fazem parte do meu armário cápsula de outono/inverno clica aqui.

 

Agora basta apontares o que já tens e o que ainda te faz falta. Terminada essa lista, ordena as peças por prioridade: básicos devem vir sempre em primeiro, peças que sejam repetidas (por exemplo, várias t-shirts ou camisas brancas para evitar dramas de lavandaria) podem vir em último. É hora de definires o teu budget e saíres para compras conscientes. Provavelmente não vais conseguir comprar tudo de uma vez, é por isso que fizeste a lista de prioridades. Começa por aquelas peças que te fazem mesmo falta e sem as quais o teu armário vai ficar “coxo”, e aos poucos vais acrescentando mais uma ou outra coisa que vás encontrando.

Se chegaste ao fim e não há nada que seja urgente comprar, melhor ainda! Escusas de ir gastar dinheiro sem necessidade. Usa e abusa do que tens e mais à frente logo procederás a algumas substituições.

 

Terminamos por aqui os artigos base sobre o armário cápsula. Muito mais há para dizer e aos poucos vamos falando sobre assuntos mais específicos, mas com estes primeiros artigos tenho a certeza que conseguirás dar o primeiro passo e iniciar esta aventura que, pelo menos para mim, está a ser maravilhosa! Qualquer dúvida ou questão não te esqueças de deixar nos comentários ou vir fazer parte do grupo Armário Cápsula Portugal no Facebook ♥

 

(Visited 285 times, 1 visits today)
Follow:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *