Armário Cápsula Series // Cozy Jumpers

Armário Cápsula Series // Cozy Jumpers

capsule wardrobe cozy jumper 5

capsule wardrobe cozy jumper 1

capsule wardrobe cozy jumper 6

capsule wardrobe cozy jumper 3

capsule wardrobe cozy jumper 4

SHOPPING LIST

Blush jumper – SheIn || Dark grey jumper – C&A || Grey jumper – Primark || Light grey cardigan – Lefties

_____________________________

 

Estava mortinha por que chegasse este tempo para tirar do armário as malhas, e tenho a certeza que não era a única. Enquanto o calor não decidia ir embora fui fazendo umas aquisições e acho que não me saí nada mal.

Tenho optado por compras em tons mais neutros, não que esteja obcecada com a criação de um armário cápsula mas porque é mesmo verdade que quanto mais neutro for o nosso armário mais fácil é de conjugar tudo e, portanto, mais fácil é vestirmo-nos todas as manhãs.

Sempre fui uma dramática com o que vestir. Era daquelas pessoas que experimentava o armário todo antes de sair de casa e o resultado era uma pilha de roupa em cima da cama que nem sempre dava tempo de arrumar antes de sair. E não, não foi só na adolescência, foi até há bem pouco tempo.

Isto era problemático, principalmente porque me deixava sempre com uma sensação de frustração. Mesmo depois de encontrar o look ideal o meu bom humor matinal desvanecia. Às vezes pensava “tenho de ir às compras” – mesmo tendo um armário atafulhado de coisas – outras culpava o meu corpo por “nada me ficar bem”.

Mas dei a volta a isto. O clique fez-se quando, o ano passado, fiz aquele vídeo em parceria com o Alegro em que tive a ajuda da Inês Viana para escolher alguns looks de regresso ao trabalho. Este serviço de consultoria – que é completamente gratuito, basta marcarem no site do Alegro – ajudou-me a perceber que o problema com muita da roupa que tinha em casa eram os cortes. Sendo baixa e com a anca larga é natural que nem tudo me fique bem, e é especialmente relevante ter atenção aos cortes das peças que compro. Depois desta pequena “aula” lancei-me em mais pesquisas sobre como criar um armário cápsula, e as duas coisas juntas vieram resolver o meu problema.

Atualmente tenho muito poucas peças com padrão no meu armário e as cores que uso combinam praticamente todas entre si. Tenho imenso cuidado na escolha dos cortes e só trago uma peça que goste 100% de me ver – o que reduziu drasticamente o volume das minhas compras. Dei uma volta gigante ao meu armário, doei cerca de 60% das minhas coisas e acreditem que me sinto mil vezes mais feliz agora.

É curioso como uma coisa que parece que não tem influência nenhuma na nossa vida – a composição do nosso guarda-roupa – afinal pode ter um peso gigante no nosso humor e na nossa autoestima. Se sofrem do mesmo mal que eu sofria, experimentem fazer algumas alterações ao vosso armário e vejam as diferenças ♥

(Visited 1,238 times, 1 visits today)
Follow:

3 Comments

  1. 10 November 2017 / 5:17 pm

    Eu não consigo adotar o armário cápsula porque gosto muito de roupa, é um facto. Mas uma coisa semelhante a ti é que tenho muita roupa neutra. Prendem-me muito as cores como o branco e o preto e é obrigatório para mim ter várias hipóteses nesses tons porque vai dar para vestir sempre com qualquer coisa e especialmente em dias de neura! Beijinhos

  2. 6 November 2017 / 3:14 pm

    Adoro ver capsulas… és a primeira portuguesa que vejo a adotar o movimento 🙂
    Apesar de eu não conseguir adotar esse estilo de vida, já me tenho livrado de bastantes coisas…

    Beijinhos

    http://zazusworld.com/

  3. 4 November 2017 / 11:43 am

    Tem mesmo aquele aspecto cozy que até cheira a chão molhado… Sabe a pipocas com chá e uns belos filmes, vistos por dentro de cobertores!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *