Casamento e gravidez, já?

Casamento e gravidez, já?

Tenho 26 anos a caminho dos 27, novidade para quase ninguém. Apesar de todos os altos e baixos, posso dizer que sempre fui bastante feliz e comecei desde cedo a fazer planos – como quase toda a gente, suponho eu. Aos 5 anos achava que ter 18 era ser muito adulto; aos 14 já achava que era só aos 28; agora que me aproximo a passos largos dessa idade acho que deve ser lá para os 40 – como pode ser mais cedo se ainda há tantooo para fazer?
Isto para dizer que, como é óbvio, os planos que fazemos ao longo da vida vão-se alterando, porque a perceção que temos do futuro e da vida adulta está, na maioria das vezes, longe de ser real.

Se já pensei em ter filhos? Sim, durante algum tempo havia até uma idade que era a eleita para o assunto, mas depois percebi que isto não é assim, não se define uma idade e no dia em que fazemos X anos vamos à procura de um pai, engravidamos e já está.
Se pensei em casar? Algumas vezes, e esteve até mais perto do que possam imaginar. No entanto esse nunca foi propriamente um grande sonho, nunca foi um dia que eu tivesse idealizado ao longo da vida. Se casar vou fazer tudo para ser espetacularmente memorável, mas se não casar vou ser igualmente feliz.

E porquê esta conversa agora? Ora porque anda aqui a passar-se alguma coisa muito estranha. Começou já perto do fim do ano passado e de um momento para o outro alastrou-se de uma maneira incompreensível. De repente 70% das publicações que vejo no Facebook são sobre noivados, casamentos, gravidezes ou crianças. Algumas das minhas amigas estão grávidas, outras vão casar, e para além de amigas isto engloba várias (MUITAS) pessoas que conheço – mais que não seja de vista – há muitos anos. Parece que de um dia para o outro toda a minha geração decidiu que era altura de ser adulto, de dar o nó e meter bebés no mundo. Não, nada contra, acho lindo e maravilhoso, só que olho para a minha pessoa e acho que ainda é cedo. Para mim pelo menos.

Não sei se isto é um mal geral das pessoas que chegam à minha idade, provavelmente daqui para a frente só piora. Mas realmente ainda é um balde de água geladinha cada vez que vejo alguém a anunciar um casamento ou uma gravidez, leva-me sempre a pensar “estarei eu atrasada ou o que é que se passa aqui?”.

Desculpem pessoas lindas que estão nesta(s) fase(s) da vida, mas realmente ainda me sinto uma miúda e é chato puxarem-me assim à bruta para a realidade! O que me vale é a minha mãezinha que ainda ontem me disse “não penses nisso, ainda é cedo”, resta saber se é mesmo isso que ela pensa ou se o facto de ter uma irmã 8 anos mais que também não é casada nem tem filhos me está a dar ali mais uma margenzinha.

Follow:

6 Comments

  1. 30 June 2016 / 9:04 am

    Maria, eu tenho 24 anos e isso também acontece à minha volta e cada vez mais, chega a parecer uma indirecta da vida ou algo do género, ahahah.
    Mas é tão cedo! Nós, mulheres de hoje em dia, temos muitos outros planos para a nossa vida que não envolvem engravidar logo depois de irmos viver ou casar com alguém. Eu tenho uma vaga ideia da minha idade certa para ter filhos mas tenho começado a perceber que, quando lá chegar, não me vou sentir preparada! ahahah

    Beijinhos

  2. 21 June 2016 / 1:44 pm

    Nem sabes como te entendo e me relaciono com esta temática, Maria. Eu tenho 28 e não me sinto minimamente preparada. Tenho o mesmo namorado há quase 12 anos, vivo com ele e é exactamente como se fossemos casados, mas para filhos não sinto minimamente que esteja na hora. Tem tanta coisa para fazer antes disso!
    Mas quem está a dar essa passo agora, acho óptimo se é mesmo isso que desejam. Devemos é todos fazer o que nos faz felizes ao nosso ritmo. :)*

  3. 21 June 2016 / 10:54 am

    Ahahaha achei uma graça à margem devido à irmã de 8 anos 😛
    Estou contigo, Maria 😀
    Tenho 25 a caminho dos 26 mas a minha geração (que é a tua, na verdade) também já fez sentir através das redes sociais que se é para ser adulto é AGORA! Pois então vou ser criança para sempre 😛
    Tenho ainda muito que viver, ou então tenho um bocadinho de egoísmo a mais, não sei, mas acho que é saudável.
    Que continuemos felizes e o resto vem por acréscimo 😀 Quando me casar ou engravidar venho aqui dizer, mas é bom que mantenhas este blog por mais uns 5 anos, que antes disso acho que vou ali ser criança 😛

    • 21 June 2016 / 1:38 pm

      Ahahahaha, opa tal e qual, às vezes sinto-me uma egoísta mas ainda há tanta coisa que quero fazer que os filhos vão mesmo ter de esperar uns 4 ou 5 aninhos :p Fico à espera das tuas novidades, devem calhar na mesma altura das minhas ahaha. Beijinho grande

  4. 20 June 2016 / 5:39 pm

    Li o teu post e não podia concordar mais! Gosto de saber que não sou a única a achar que as redes sociais da nossa geração foram invadidas por casamentos e filhos aos 20 e tais xD nada contra, cada um é feliz a sua maneira mas identifico-me contigocontigo neste assunto. Acho que so a partir dos 30 é que vou pensar se realmente esta a ficar na hora de fazer esses arranjinhos xD ahah
    Enquanto isso sou feliz assim! :p *