Comprar ou arrendar casa em Lisboa

Comprar ou arrendar casa em Lisboa?

Casa & Decor

Para quem quer vir morar para a capital a dúvida surge: vale mais a pena comprar ou arrendar casa em Lisboa?

Está quase a fazer 3 anos que me mudei para Lisboa e sei bem – e vocês, se me têm acompanhado, também – a dificuldade que foi conseguir morar aqui. O mercado imobiliário está terrível, as casas têm preços absurdos e o comum dos mortais tem de fazer muitas contas à vida para tomar a decisão mais acertada, se deve comprar ou arrendar casa em Lisboa.

É verdade que nem todos podem comprar casa e nos últimos anos as condições de acesso ao crédito à habitação tornaram-se mais rígidas. Mas isso é algo que tem vindo a melhorar com a recuperação económica, a concessão de crédito tem aumentado e os bancos não são a única alternativa. Podem até recorrer a um simulador Crédito à Habitação para perceberem qual será o valor da prestação que ficam a pagar em função do preço da casa que querem adquirir, para tomarem uma decisão completamente consciente.

Comprar ou arrendar casa em Lisboa?

Pedi ajuda ao Zé, o economista de serviço, para perceber se vale mais a pena comprar ou arrendar casa em Lisboa – aplicável a todas as outras zonas do país -, quais as principais vantagens de uma ou de outra modalidade, tentando chegar a uma conclusão lógica e ajudar-vos a fazer também esse raciocínio no que à vossa decisão diz respeito.

Vantagens de comprar

Investimento para benefício próprio

Ao contrário das rendas, que enriquecem apenas o senhorio, as prestações pagas por um imóvel comprado contribuem para o seu pagamento total, para que se transforme num bem próprio. Este é um investimento excelente já que a maioria das casas acaba por valorizar com o tempo e é património relevante que deixamos para os nossos filhos.

Custo mais baixo 

Em média, uma casa com as mesmas características tem uma prestação mais baixa, quando comprada, do que a renda que pagaríamos se arrendada. Com o mercado de arrendamento em altas, muitas casas estão mesmo sobrevalorizadas o que torna o arrendamento uma desvantagem em relação à compra.

Maior segurança

Ao comprar uma casa temos a certeza que só sairemos dela se a vendermos – ou deixarmos de a pagar! Ao contrário de uma casa arrendada, em que estamos dependentes de um contrato e da vontade de um senhorio que pode decidir, unilateralmente, que não quer que continuemos naquele lugar, ou simplesmente aumentar a renda para um valor absurdo e incomportável.

 

Vantagens de arrendar

Menores custos indiretos 

Esta foi uma das principais razões para o crescimento do mercado de arrendamento. A falta de capitais próprios, a dificuldade de acesso ao crédito à habitação e os custos extra preço do imóvel levaram a que muita gente preferisse arrendar do que comprar. A verdade é que, arrendando, estamos livres de todos os impostos associados ao imóvel, do pagamento do condomínio, do pagamento de obras de reparação ou recuperação do prédio e até das próprias reparações dentro da nossa casa que, por lei, competem ao senhorio.

Felixibilidade

A flexibilidade é outra grande vantagem. Podemos mudar de casa consoante as nossas necessidades, sejam geográficas ou pelo tamanho da família. Temos apenas de notificar o senhorio com a antecedência prevista no contrato e estamos livres para procurar um novo lar, seja porque mudámos de emprego, porque vem um novo membro a caminho ou simplesmente porque nos apetece.

 

Analisando as principais vantagens de cada opção, a conclusão que tiro é que, a médio/longo prazo, é mais vantajoso comprar casa. Mesmo que haja uma necessidade de mudar de trabalho, de cidade ou de país, temos sempre a opção de arrendar o nosso espaço. É um bem nosso, com o qual fazemos o que queremos e bem entendemos, sem precisarmos da autorização de um terceiro. Mas é, obviamente, um custo elevado e por isso é importantíssimo fazer bem as contas, simular, recorrer ao crédito certo se for necessário, para que seja efetivamente um benefício apesar de todos os encargos.

 

Lê também “15 dicas para arrendar casa”

 

(Visited 999 times, 1 visits today)

Mais artigos para ti