Guia de viagem // 3 dias em Madrid

Guia de viagem // 3 dias em Madrid

Foi em 2013 que decidi conhecer Madrid. Já tinha estado em Barcelona algumas vezes mas Madrid era uma cidade desconhecida, e fica tão perto que era inadmissível. A viagem até ficou relativamente barata (sem contar com alimentação) mas foi preciso fazer algum malabarismo com as datas.

A cidade vê-se bem em 2 dias, se se quiserem manter pelos locais principais, mas tomem atenção ao tempo porque no meu caso apanhei chuva e foi terrível, acabei por não ver nem metade do que queria.

Para ajudar a planear a viagem e a andar por lá, comprei o guia Citypack Madrid que ficou por 11.97€ na Fnac mas há também à venda na Bertrand. O mais útil é mesmo o mapa plastificado e várias informações sobre os museus como horários e dias em que são gratuitos etc. Em relação à comida as informações não são muito boas porque os restaurantes apresentados são quase todos um pouco caros.

 

 

O voo

A companhia aérea onde consegui os melhores preços foi a Easyjet. A partir do Porto e de Faro também têm a Ryanair que até tem preços mais acessíveis, mas a partir de Lisboa não resta grandes alternativas.

É preciso marcar com alguma antecedência e simular várias datas para perceber realmente quando é que fica mais barato, porque por vezes a viagem de ida é barata mas a de volta fica ao dobro do preço e não compensa. Consegui as viagens mais ou menos por 28€ cada, o que ficou em cerca de 56€ ida e volta para cada um.

Onde ficar

Descobri o Hostal Tijcal II num artigo de um blog com um roteiro de Madrid e após pesquisa no Booking descobri que não só ficava super central como o preço era fantástico. A estadia ficou por 78€ para duas pessoas (em quarto com cama de casal, casa de banho privada e varanda). Não é um espaço super moderno mas é bom o suficiente para uma estadia de alguns dias.

Onde comer

Há inúmeros sítios onde comer bem em Madrid, começando pelos infinitos restaurantes de fast-food já nossos conhecidos como Pans&Company, Mc Donald’s, Burguer King, KFC… Mas se levarem já alguns sítios mais originais agendados de casa será ainda melhor.

Eu experimentei os tão famosos 100Montaditos (podem ver aqui as localizações) que são mini baguetes com todo o tipo de recheio salgado (há de chouriço, salmão fumado, bacon, frango, atum, vários tipos de queijos…. e várias combinações entre si) e há ainda umas de chocolate para sobremesa ou lanche. O fantástico é mesmo o preço. Há tábuas entre 5 a 7 montaditos por 6€ (e se comprarem duas tábuas saem a 10€ as duas) e as bebidas são 1,20€. Às quartas-feiras e aos domingos tudo o que está na carta custa apenas 1€.

Outro sítio bastante bom é o Fresh & Co. É um buffet com todo o tipo de saladas e ainda pizza e lasanha (de carne ou vegetarianas) em que podem comer tudo o que quiserem as vezes que quiserem (bebida, pratos principais, saladas e sobremesas) por apenas 9.95€ ao almoço ou 10.95€ ao jantar. Serve também para “desintoxicar” de comida de plástico, porque as coisas mais baratas por lá são todas à base de pizzas, hambúrgueres e baguetes.

Podem ainda experimentar um dos restaurantes Cañas y Tapas, Madrid Madriz e para pequeno-almoço o Museo del Jamón, Chocolataria San Ginés ou o Dunkin’Donuts (que foi o meu sítio preferido!!!). Ver mais “Onde comer em Madrid”.

 

3 dias em madrid

 

DIA 1

O primeiro dia podem dedicar a uma visita cultural que servirá para conhecerem melhor a cidade e nem precisam de usar transportes. Comecem pela Plaza Mayor, a principal praça da cidade com a estátua equestre de Filipe III.

À volta existem bastantes ruelas com comércio, cafés, bares de tapas e uma arquitetura fantástica. Experimentem passar no Museo del Jámon.
Muito próximo podem descobrir o Mercado San Miguel, um mercado público dos tempos antigos que hoje em dia é um mercado gourmet com comida incrível. Se já forem horas aproveitem para almoçar por aqui.

Daí basta descer para encontrar o Palácio Real, residência oficial da família real mas onde atualmente já não ficam hospedados estando o espaço aberto ao público. À quarta-feira a entrada é gratuita para cidadãos da União Europeia.

Em frente ao Palácio encontram a Catedral Almudena de Madrid e mais à drente o Teatro Real. Os Jardines de Sabatini e a Plaza de España são também paragem obrigatória.

Por fim terminem o dia no Templo de Debod, um monumento com mais de 2 mil anos que foi doado a Espanha pelo Egipto. Pedra a pedra foi desmontado da terra natal e reconstruído na capital espanhola. Chegar ao templo pode ser demorado e a caminhada é longa, mas a vista lá de cima não tem preço!

 

DIA 2

Iniciando na Plaza del Sol, que fica a 2 minutos do hostal que recomendei, existem dois pontos turísticos muito visitados: a estátua “El Oso y el Madroño”, o símbolo da cidade de Madrid e  El Kilómetro Cero.

Entre a Puerta del Sol e a Gran Vía podem encontrar dezenas de lojas bem nossas conhecidas, e algumas que não encontramos por cá como a Topshop. A Gran Vía é uma das ruas principais da cidade onde podem encontrar teatros, cinemas, restaurantes, bares… animação para o dia e para a noite. Vindos da Puerta del Sol e chegando à Gran Vía continuem para a direita e desçam toda a rua com edifícios muito importantes e arquitetura maravilhosa. Ao terminar encontrarão a Calle de Alcalá, ou das ruas principais e que vos levarão para a Fuente de Cibeles – onde encontram uma imagem da deusa Cibeles, símbolo da Terra, da Agricultura e da Fertilidade, em cima de uma carruagem puxada por leões – e para a Puerta de Alcalá, outro marco arquitetónico especial nesta cidade.

Mesmo à frente fica o Parque Del Retiro, um dos parques mais famosos da cidade, com um espaço enorme, um largo artificial onde podem passear de barco, relaxar, esticar na relva… Dentro do parque podem visitar o Palácio de Cristal, o monumento Alfonso XII e a estátua del Ángel Caído.
O dia já vai longo mas para os amantes de futebol não podem deixar de visitar o estádio Santiago Barnabéu.

DIA 3

Para terminar a visita o último dia é dedicado aos museus mais importantes da cidade, o Museu del Prado e o Museu Reina Sofia e para terminar uma visita à Fuente de Neptuno.

Madrid é uma cidade maravilhosa, que se vê bem em 2 ou 3 dias, mas que facilmente nos agarra por muito mais tempo. Não podem deixar de experimentar os variados bares de tapas espalhados pela cidade assim como a vida noturna alucinante que vai sem dúvida marcar a vossa viagem. Mas para quem não é particularmente amante de vida noturna – como é o meu caso – é sempre interessante experimentar o ambiente noutras cidades ainda mais fora do nosso país.

Follow:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *