Travel // Ir de férias com a Airbnb

Travel // Ir de férias com a Airbnb

Há algum tempo que queria escrever este artigo para vocês, porque desde que partilhei a minha viagem a Paris tenho recebido várias mensagens a perguntar a minha opinião sobre a Airbnb.

A primeira vez que usei a plataforma foi em abril de 2016, para um fim de semana no Eco Resort Comporta, e adorei! Não só porque encontrei rapidamente um sítio exatamente como eu queria, mas também porque fomos bem recebidos e o preço foi muito simpático. O mesmo aconteceu em Paris, ficámos num sítio super central por um preço baratíssimo e isso seria impossível conseguir em hotéis.

Há quem goste de ir de férias e comer todas as refeições fora, mas o gasto associado a isso é elevadíssimo. Acho que a Airbnb trouxe a oportunidade de nos sentirmos em casa mesmo fora da nossa própria casa, podermos ficar num espaço com um ambiente que nos agrade, por um bom preço e podendo usar quarto, casa de banho, sala e cozinha.

Para além da experiência como hóspede, tenho bem perto pessoas com experiência enquanto anfitriões e também adoram a plataforma, conseguiram rentabilizar espaços que tinham parados e que em aluguer de longa duração ou não conseguiam alugar por um preço razoável ou tiveram problemas com os inquilinos. Então optaram por este tipo de aluguer de curta duração e o resultado tem sido fantástico, há cada vez mais adesão.

 

Regista-te através deste link e ganha de imediato 35€ para descontares na tua primeira reserva!

 

Dicas para alugar no Airbnb

1. Como há cada vez mais procura, a regra de tentarem reservar com o máximo de antecedência mantém-se, como na maior parte das coisas relacionadas com viagens. Quanto mais cedo reservarem melhores espaços e melhores preços irão encontrar.

2. Analisem todas as comodidades que a casa tem, alguns espaços não disponibilizam toalhas nem lençóis (são cada vez menos, felizmente) e outros não têm internet. Assim como alguns têm muita coisa que vos poupa peso na bagagem tais como secador de cabelo, ferro de engomar e até máquina de lavar roupa.

3. Analisem a política de cancelamento e as regras da casa para saberem horas de check-in e check-out entre outras. Quanto mais cedo reservarem maior risco existe de alguma coisa acontecer e necessitarem de cancelar, analisem sempre a política de cancelamento de cada anfitrião para saberem com o que contar.

4. Alguns anfitriões exigem caução, é um valor que fica de reserva e é devolvido caso não exista nenhum estrago provocado por vocês. Normalmente as melhores casas têm esta exigência, assim como casas para um maior número de pessoas.

5. Leiam SEMPRE os comentários e a avaliação. Tal como em hotéis e em restaurantes, a opinião dos clientes revela os lados mais negativos quando eles existem, por isso leiam as opiniões para perceberem com o que podem contar e para decidirem qual a melhor escolha.

 

 

Se nunca experimentaram, a sério, aproveitem um fim de semana para dar uma oportunidade à plataforma. Este mês de abril vai ser repleto de boas oportunidades seja na Páscoa, no fim de semana do 25 de abril ou no último fim de semana do mês que apanha o 1 de maio. Não há desculpa 😉

Follow:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *