Pea on board #7 // O que levar na mala da maternidade

Pea on board #7 // O que levar na mala da maternidade

Já há algum tempo que vos queria trazer este post sobre o que levar na mala da maternidade mas confesso que tem sido a preguiça que me tem impedido de escrever mais vezes no blog. Dia 31 de julho vim finalmente para casa, para umas semanas de um pouco de descanso até ter o baby M. nos braços, e tenho tentado usar esse tempo para fazer literalmente NADA! Sinto que já merecia, que as noites mal dormidas, os desconfortos e todas essas coisas precisavam ser remediadas com dias em que simplesmente me arrasto entre a cama e o sofá, a televisão e o computador, sem fazer nada de produtivo.

Mas aqui estamos, para um dos últimos posts sobre esta fase de (des)graça que é a gravidez e porque sei que para muitas fazer as malas e levar as coisas certas é uma ansiedade. Também o foi para mim até ver o assunto despachado.

Comecei por tentar levar apenas uma daquelas malas da maternidade que costumam vir cheias de produtos, tenho a da Uriage que é linda linda – uma parceria com a Lavandiska que não podia ter sido melhor pensada -, e levar depois um daqueles sacos de fim de semana com as minhas coisas. Era bom, mas percebi rapidamente que não dava. Entre toda a tralha que é preciso levar, essas malas de maternidade não chegam nem de perto nem de longe para as coisas do bebé e portanto decidi-me por dois sacos de fim de semana, um maiorzinho para ele e outro para mim, e essa mala bonita vai ficar para os nossos passeios do dia a dia.

Passando ao que realmente interessa: o que levar na mala de maternidade? Pois bem, se já escolheram qual o hospital onde querem ter o vosso bebé, passem por lá ou procurem na net a lista das coisas que eles pedem para se levar. Todos os hospitais são diferentes, embora a base seja a mesma para todos.

 

o que levar na mala da maternidade 2

Na minha mala levo:

  • Toalha de banho (levo apenas uma comigo, se for preciso mudar peço ao Zé que me leve outra mais tarde)
  • Bolsa com produtos de higiene e alguma maquilhagem, a maior parte das coisas em amostras (champô, spray amaciador que não precisa de ser passado por água, champô seco para o caso de não me apetecer de todo enfiar no banho, gel de banho, escova de cabelo, elástico e ganchos, escova de dentes e pasta, BB Cream, pó bronzeador que serve também como blush, gel de lavagem que serve como desmaquilhante, creme hidratante)
  • Creme Purelan para os mamilos, não vá dar-se o caso de existirem gretas
  • Discos de amamentação, comprei na Well’s e vêm separados em saquinhos individuais
  • Mamilos de silicone porque tenho os mamilos invertidos e já estou mesmo a ver que a amamentação vai ser um daqueles filmes
  • Cueca-fralda da Ausonia e pensos dos maiores, não sei como o que é que me vou dar melhor mas pelo sim pelo não vão algumas quantidades das duas coisas
  • Soutiens de amamentação
  • Camisas de dormir com decote em V que permite amamentação fácil
  • Chinelos
  • Cuecas, bastante elásticas e muito confortáveis e grandes para tapar a fralda ou o penso
  • Óculos, dentro da bolsa de cosméticos levo também líquido e caixa das lentes
  • Cardigan fininho preto, que serve como robe e é super confortável
  • Dois vestidos, a pensar nos momentos das visitas e na saída do hospital

 

 

o que levar na mala da maternidade 1

Para o baby levo:

  • Toalha de banho (mais uma vez, se for preciso mais alguma o pai depois leva)
  • Quatro mudas de roupa, que foram embrulhadas em fraldas de pano com um alfinete de ama (não encontrei daqueles saquinhos para roupas de bebé a preços que me convencessem, e achei esta solução muito prática)
  • Produtos de higiene, tudo da nossa marca de eleição Uriage (toalhitas, gel de lavagem, creme hidratante e creme para a muda da fralda)
  • Fraldas de pano, para além das que vão com a roupa meti mais duas na mala
  • Fraldas, levo 18 como pedia no folheto do hospital (comprei estas pequenitas da Chicco em promoção, deixa ver se são boas)
  • Escova de cabelo
  • Manta, não muito quente

 

As mudas de roupa são compostas por body, calças interiores, babygrow OU calça + blusa e levo também gorro, casaquinho de malha, luvas de algodão e meias para o caso de estar demasiado calor para vestir as calças interiores usar apenas as meias.

Tentei não colocar coisas excessivas na mala, nem na minha nem na do bebé, e moramos tão perto que sei que se faltar qualquer coisa o Zé também traz num instante. Num saquinho daqueles de pano meti a primeira roupa do bebé (que é uma dessas embrulhadas nas fraldas), uma das minhas camisas de dormir + cuecas + fralda, a pasta com todos os meus exames, phones, um carregador de telemóvel, água termal e um boião pequenino de Carmex. Esta será a mala para me acompanhar durante o trabalho e parto e com as coisas precisas para a sala de partos. Como tenho estado 80% do tempo em casa, todas as vezes em que precisei dirigir-me ao hospital peguei apenas neste saquinho, meti lá dentro a carteira, o boletim de grávida e o telemóvel e assim tenho a certeza que se for preciso ficar lá já tenho as primeiras coisas mais essenciais comigo.

 

E quando é que devem preocupar-se em ter as malas prontas? Bem, eu aconselho a terem-nas a partir das 32 semanas, embora eu só tenha acabado por completo a minha no domingo passado quando precisei efetivamente de ir para o hospital cheia de contrações – mas já estava praticamente tudo, faltavam dois ou três pormenores.

Como tenho produtos de cosmética, tanto meus como do baby, dentro das malas e está um calor descomunal preferi que elas não andassem no carro. O que nos acompanha SEMPRE é o saquinho com as coisas mais SOS, o resto só vai para o carro se me rebentarem as águas ou estiver mesmo com contrações seguidas e com dor. Caso contrário, se acontecer ir para o hospital com outro sintoma qualquer e ficar logo lá, o Zé também vai a casa buscá-las num instante, até porque as nossas aventuras para longe de casa já terminaram, não nos afastamos mais do que meia dúzia de km neste momento.

Claro que se morarem longe do hospital o melhor é fazerem-se acompanhar da tralha toda logo à partida. Metam as coisas no carro e pronto.

 

Espero que este artigo tenha sido útil. Se tiverem alguma dúvida deixem nos comentários que terei todo o gosto em responder a tudo o que eu souber 🙂 Obrigada a todas por estarem desse lado e façam figas para o baby M. vir rapidinho cá para fora que eu já estou em desespero! ♥

Follow:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *