Oh Martim #3

Oh Martim #3

Já lá vão 3 meses desta aventura. Às vezes custa a acreditar. Por um lado parece que a gravidez foi noutra vida, há muito muito tempo, por outro lembro-me do nascimento dele como se tivesse sido ontem.

Este terceiro mês não foi muito diferente do segundo, embora a prática tenha tornado mais fácil o dia a dia sozinha. Foi neste mês que saí pela primeira vez com ele com o carrinho – uma aventura que me fez rapidamente comprar outro carrinho, já conto mais à frente – e aproveitámos o sol de novembro para sair muito mais de casa.

O maior drama deste mês foi a roupa. Primeiro porque a maioria das coisas deixaram de lhe servir, algumas que nem chegou a usar porque eram teoricamente grandes e quando dei por isso já mal cabiam, e em segundo porque ele tem bolsado tanto tanto tanto que não há arsenal de babetes que aguente. Mudo-lhe de babete umas 7 vezes por dia, entre bolsado e baba, e roupa tem dias que mudo duas ou três vezes (às vezes até a minha tem de ser mudada).

No início fiquei bastante preocupada com este aumento de bolsado, mas a pediatra (Dr.ª Leonor Levy) disse que ele está a crescer bem e portanto não tem mal nenhum, há bebés que bolsam muito e depois até vomitam bastante quando são mais crescidos, mas que desde que não afete o crescimento não há problema. Para uma mãe não é fácil não ficar preocupada, mas pronto, mais vale isto do que as cólicas – que felizmente já nos abandonaram, yey! – porque quando bolsa ele não chora nem me parece que esteja em sofrimento.

Este também foi o mês em que descobri que tenho um filho comilão, rapidamente tivemos de passar dos 150ml para os 180ml (quantidade recomendada a partir dos 3 meses) porque ele já ficava com fome. O que é certo é que a beber sempre 180ml tem dormido muito mais, sendo que o normal agora já são 7 horas por noite (e já tivemos noites de 9 horas).

Regressando à história do carrinho. O carrinho que temos é um duo da Be Cool, que era da minha irmã Leonor. Ora, nem pensámos duas vezes antes de aceitar porque os duos são todos caríssimos e sempre foi esse dinheiro que poupámos. O ovo serve para o carro e as rodas andam no porta-bagagens. Isto é maravilhoso, quando estamos os três juntos e o Zé carrega o Martim escada a baixo dentro do ovo. Agora quando estou sozinha com o Martim é completamente impossível conseguir carregar com o ovo e com as rodas escada a baixo, não dá, só de carrinho devem ser uns 10 ou 12kg, mais o peso do miúdo, impossível. Por essa razão acabámos a comprar um novo carrinho só para mim. É o Minilarge da Brevi que tem apenas 3,8kg e dá para bebés desde os zero meses. Não tem ovo, portanto para o carro não serve, mas é ideal para eu sair de casa com ele quando estou sozinha. O preço não é nada por aí além – custa 149€ – e ainda apanhámos uma promoção de 20% de desconto em vale Zippy que deu para reforçar o armário.

Como disse, foi um mês em que as roupas deixaram de servir e precisámos de voltar às compras. Desde que ele tinha nascido que comprei pouquíssima coisa, até porque nos deram muita muita roupa – alguma nova, e muita usada mas em excelente estado. As lojas escolhidas foram a Zippy e a C&A, onde encontrei tanta mas tanta coisa linda e algumas a preços também lindos ehehe. Os básicos favoritos continuam a ser os da Primark, porque são bons o suficiente e são super baratos, mas também temos alguns da Zippy e da Zara Kids.

Recebemos também mais alguns miminhos, roupa da Picolé Limão (foto com o body aos quadrados e calças pretas) como agradecimento por o Martim ter ido fazer de modelo ao Você na TV a convite da Ana, e um conjunto amoroso da The Little Jasmine (foto com a camisa branca e as jardineiras azuis escuras) que se ainda não conhecem então tenho a certeza que vão morrer de amores – e podem comprar na loja do De Mãe Para Mãe.

Fomos também comemorar o 1º Natal do Martim com a Babies’R’Us, um convite muito especial das “tias” Rita Teixeira e Rita Ferreira e da Toys’R’Us pois claro! Estivemos com a Filipa e o Eusébio e pudemos ficar a conhecer toda a gama de produtos que existem disponíveis dos 0 aos 12 meses e que nem fazíamos ideia que existiam nesta loja que só associamos a brinquedos. Há de tudo, literalmente! Berços, cadeiras auto, carrinhos, têxtil de cama e banho, roupa, biberões, almofadas de amamentação… Tudo o que possamos imaginar e desejar. Neste dia pudemos experimentar o BabyArt, uma espécie de pasta onde podemos gravar o pé ou a mão do bebé e depois de seco fica duro e é uma prenda maravilhosa para dar às avós neste Natal. Paa casa trouxemos ainda um saco cheio de presentes de Natal para o Martim: a girafa do Toys’R’Us em peluche, uma bolsa térmica que dá um jeitaço para a água, uma manta a condizer com a bolsa, um prende-chucha, um gorro, um kit de biberões da Avent com todos os tamanhos (de 130ml, 260ml e 330ml) e ainda, a prenda mais especial de todas, uma espreguiçadeira Bright Starts. Não resisti a montá-la assim que chegámos a casa e o Martim delirou! Ele ainda é tão pequenino e ficou todo sorridente quando o meti na espreguiçadeira. Esta tem duas posições de cadeira e dá para estar estático ou em modo baloiço. Tem também um arco com dois bonecos que dá para meter e tirar e vibra para embalar e acalmar os bebés.

Esta iniciativa “O Meu Primeiro Natal” foi exclusiva da Babies’R’Us e não foi só para bloggers, foi para todas as famílias com bebés que se dirigiram à loja nesse dia. As crianças puderam brincar, os pais puderam ficar com a recordação do BabyArt e ainda tirar fotos com uma menina vestida de Pai Natal – pelo menos no Colombo era uma menina.

No que toca aos produtos cá por casa, os dois biberões que tínhamos da MAM já “deixaram de servir” e tivemos de mandar vir um outro MAM Anti-cólicas de 260ml. Aproveitem e mandem vir da Amazon.es que agora tem portes gratuitos para Portugal. Os produtos de higiene continuam a ser os mesmos, os da Uriage, e estes frascos de 500ml de leite de lavagem e creme hidratante duram uma vida, ainda não vão nem a meio. A água de limpeza é que já tivemos de renovar o stock, mas mesmo assim durou para praticamente três meses – e usamos em todas as trocas de fralda quando estamos em casa. As fraldas, se bem se recordam, tínhamos recebido da Nunex para experimentar, cortesia da querida Rita do De Mãe Para Mãe. Já testámos e adorámos! Podem ler tudo aqui.

A próxima aventura é a mudança para a casa nova, que está quase quase a acontecer, e será toda uma nova aventura do Martim a dormir no quarto dele, sozinho. Mas depois contamos tudo!

(Visited 475 times, 1 visits today)
Follow:

1 Comment

  1. 28 November 2017 / 8:43 am

    Tenho imensa roupa até aos 9 meses e alguma até aos 12… Excelente para não ter de gastar dinheiro.
    Boa sorte nas mudanças, vai correr bem 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *