Que plataforma utilizar para criar um blog? #blogging101

Que plataforma utilizar para criar um blog? #blogging101

Estou de volta para mais uma edição de #blogging101, desta vez com alguns esclarecimentos sobre que plataforma utilizar para criar um blog, se vale a pena pagar domínio e alojamento desde o início, Blogger ou Wordpres qual a melhor escolha, e todas essas questões relacionadas com a plataforma em si onde vamos ter os nossos textos, imagens e vídeos alojados e partilhados com o mundo.

Plataformas gratuitas

As três plataformas mais usadas em Portugal são o Blogger, Sapo e WordPress.com. Na minha opinião o Blogger é a melhor das três já que é a plataforma mais versátil, que permite mais integrações e mais personalização, quase equivalente a uma plataforma paga.

Plataformas pagas

Neste blog, assim como no The Fashion Addicted, eu uso o WordPress.org. Ter uma plataforma paga implica pagar domínio e hospedagem. Após isso podes instalar o WordPress que tem um interface muito intuitivo e super fácil de utilizar depois de intalado.

 

Como podes reparar existem dois tipos de WordPress, um que é uma plataforma de alojamento completamente gratuita e outro que é uma ferramenta que instalas no servidor onde tens o teu blog alojado. A primeira é bastante limitada e quando a experimentei, há uns 5 anos atrás, nem sequer permitia iframe o que impedia que tivesse alguma publicidade no blog por exemplo.
Já o Sapo foi onde comecei e não é uma paltaforma nada má, no entanto o Blogger tem mais funcionalidades por isso na minha opinião é a plataforma gratuita de eleição. Por estas razões daqui em diante vou apenas fazer a comparação entre Blogger e WordPress.org (em alojamento próprio e pago).

 

que plataforma escolher para o meu blog

 

Blogger – PROS

  • plataforma gratuita
  • interface fácil de utilizar e que não requer conhecimentos técnicos
  • hospedado nos servidores do Google por isso é extremamente raro terem o blog “em baixo”

Blogger – CONTRAS

  • as opções de widgets e plugins são limitadas
  • espaço limitado para crescer
  • espaço de alojamento limitado para imagens (se excederes 1Gb tens de pagar por espaço adicional)
  • não és a verdadeira dona do teu blog, se o Google entender que não estás a respeitar os seus Termos e Condições pode remover o teu blog a qualquer momento

 

WordPress – PROS

  • rápido de instalar
  • ideal tanto para iniciantes como para avançados
  • plugins e widgets ilimitados dando um aspeto super profissional ao teu site em poucos minutos
  • sempre em atualizações e melhoramentos
  • tu és a dona do teu site e do seu conteúdo

WordPress – CONTRAS

  • tens de comprar um domínio e alojamento e pagá-lo mensalmente ou anualmente
  • és responsável pelo controlo de SPAM
  • és responsável por fazer os teus próprios backups e atualizações
  • em alguns casos necessitas de alguns conhecimentos técnicos ou de contratar esse serviço a alguém

 

Qual a opção certa para mim?

Se tens um budget limitado, o blog serve apenas como hobbie e não tens a certeza se lhe vais dar grande continuidade, o Blogger é a melhor opção. Permite que ganhes alguns conhecimentos e que testes o teu produto antes de te meteres em despesas. Se no futuro o blog engrenar e preferires optar por uma plataforma paga podes sempre exportar todo o conteúdo e nada ficará perdido, por isso tens sempre hipótese de mudar.

Se pretendes fazer do blog profissão, se é uma página de apoio a um negócio já existente ou se tens a certeza que vai ter continuidade e queres ter mais margem de manobra, então o WordPress é a escolha ideal.

Nas duas opções podes ter um domínio próprio. Os domínio têm um preço anual bastante acessível (entre 10 e 15€) portanto podes desde logo reservar o teu domínio para garantir que ninguém irá pegar no nome do teu blog e comprar o domínio por ti, cobrando-te depois algumas centenas ou milhares de dólares para to vender.

 

Instruções de intalação:

Para criares um blog no Blogger basta acederes a www.blogger.com e seguires as intruções.
Para criares um blog usando o WordPress deves começar por comprar alojamento e um domínio próprio e depois instalar lá dentro o WordPress. Lê melhor aqui.

 

Onde comprar o meu domínio?

Normalmente o serviço de hospedagem permite também comprar diretamente o domínio. Se for esse o caso, torna tudo mais fácil pois o domínio já fica configurado para aquele servidor.
No caso de optares por um alojamento que não permite comprar domínio podes comprar o teu no site português Amen, que foi onde comprei o meu.

 

Que hospedagem escolher?

A minha hospedagem é da Bluehost, no entanto estou a pensar transferir para a WebHS que para além de ser portuguesa é bastante mais acessível.

 

 

Dúvidas ou mais perguntas sobre como criar e gerir um blog? Envia aqui.

Follow:

1 Comment

  1. 26 June 2016 / 3:41 pm

    Ainda hoje irei publicar um artigo a explicar porque prefiro o wordpress. Ainda uso o .com e gosto pois ainda não uso o blogue a nível profissional. É algo mais meu. (:

    Dentro de uma hora está agendado.

    Gostei de perceber alguns tópicos sememlhantes.

    E de notares que o iframe não é usável na plataforma que uso agora.
    É a minha maior dificuldade quando incorporo vídeos e etc.

    Um beijinho, Maria.

    O blog da Polegarzinha