Spring hairstyle change

Spring hairstyle change

Durante anos sonhei ter o cabelo liso. Odiava os meus caracóis desgrenhados e a forma horrível como contornavam o meu rosto ou assentavam nos ombros. Hoje chego à conclusão que o principal problema era não ter um cabeleireiro de jeito e, portanto, não ter um corte que permitisse que os caracóis ficassem bonitos.
Procurei todas as soluções e acabei a fazer dois alisamentos japoneses, em anos consecutivos, que me permitiram dizer adeus àqueles caracóis para sempre. Durante dois anos tive o cabelo liso liso liso, e mesmo 7 anos depois do último alisamento o meu cabelo tem apenas algumas ondas quando deixado secar ao natural. Nunca voltou a ser o cabelo que era antes.

Depois da saga do cabelo liso, e tendo conseguido ficar permanentemente com um cabelo que em uma passagem de ferro de alisar fica completamente liso, começou a saga do cabelo comprido. O meu cabelo sempre foi fino e depois de dois alisamentos com tantos químicos tornou-se quase impossível deixá-lo crescer. Estragava-se, perdia o brilho e partia-se por completo, por muito que eu fizesse não havia meio dele crescer. Coloquei extensões durante algum tempo mas sabia que essa não era uma solução eficaz a longo prazo. Em 2013 dei-lhe um corte mais radical, que eliminou quase por completo a parte danificada pelos alisamentos e desde essa data até ao ano passado foi vê-lo crescer rápido e mais saudável que nunca. Finalmente consegui ter o cabelo que eu sempre tinha desejado, um cabelo natural e saudável com um tamanho considerável.

Mas como nunca estou satisfeita com nada, e porque um cabelo comprido dá uma trabalheira a cuidar que nem vos digo, em outubro de 2016, e agora nas mãos de um salão em que confio a 100%, o Maria Lourenço Cabeleireiros, fiz o corte mais curto de toda a minha história. Se tive medo antes de avançar a verdade é que tenho AMADO este cabelo mais curto. Mas há pouco tempo descobri a Anne no Instagram e apaixonei-me pela franja dela. Achei que, em conjunto com o corte que tenho agora, era algo que me ia ficar super bem. Já tive franja, em 2009, mas na altura detestei ver-me porque foi completamente mal cortada, mas acho que esta franja assim mais comprida ia ficar tão gira!

 

O que acham? Corto ou não?

Follow:

2 Comments

  1. cat
    18 March 2017 / 6:11 pm

    Corta Maria linda! Dizem que com a gravidez o cabelo cresce mais rápido, por isso se não gostares tens essa maravilhosa vantagem :p <3
    beijinhos*

  2. cat
    18 March 2017 / 6:11 pm

    Corta Maria linda! Dizem que com a gravidez o cabelo cresce mais rápido, por isso se não gostares tens essa maravilhosa vantagem :p <3
    beijinhos*

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *