Tivemos um Chef privado em casa

Shopping

Eu e o Zé não somos propriamente as pessoas que mais gostam de passar a vida fora de casa e reunir os amigos dia sim dia sim. Somos mais pacatos, gostamos de desfrutar do nosso lar e quando reunimos amigos preferimos que sejam momentos mesmo especiais.

Somos também aquelas pessoas que DETESTAM ir almoçar ou jantar fora em datas comemorativas, especialmente no dia dos namorados em que está tudo à pinha e de romântico não tem nada.

Foi por isso que ficámos em pulgas por experimentar o serviço da Supper Stars! Afinal de contas, que melhor podemos pedir do que um serviço digno dos melhores restaurantes mas no conforto de casa? É assim mesmo que a coisa se dá.

Convidámos a Bárbara e Ana, a Filipa e a Ana para se juntarem a nós numa noite diferente. Tivemos o privilégio de ser servidos pelo Chef Vítor Veloso, um Chef muito conceituado da zona do Algarve que tem o seu próprio restaurante, “Alma Brava”, dentro do hotel Companhia das Culturas em Castro Marim.

Como não podia deixar de ser, o Chef trouxe-nos sabores do Algarve e toda a gente ficou derretida com o carpaccio de camarão com muxama [o prato favorito da noite].








O que é isto da Supper Stars?

É um serviço de “Chef ao domicílio”. Passamos pelo site, escolhemos o Chef e o menu desejado, reservamos data e hora e no dia combinado o Chef aparece duas horas antes, traz toda a comida, cozinha e prepara tudo, mesa incluída, serve o jantar e no fim arruma toda a cozinha e loiça.

Sim, apesar de existirem menus a partir de 35€ por pessoa [um valor que acho bastante aceitável para um serviço ao domicílio], não é um serviço que a maioria das pessoas possa contratar todos os dias. Mas para um aniversário, uma comemoração de data especial ou um jantar especial de amigos/família, é maravilhoso.

O número mínimo são 6 pessoas, pelo que se quiserem reservar um jantar só para 2 irão pagar exatamente o mesmo valor do que se fosse um jantar para 6. O número máximo são 15 pessoas, porque normalmente uma cozinha normal não tem capacidade para preparar refeições para mais do que isto.

 

Resumindo, vale bem a pena. A melhor parte, para mim, foi não ter de arrumar a loiça no fim. Quando recebo pessoas é sempre um dia de stress, no lugar de ser um momento de descontração e felicidade. São as compras, preparar a comida, arrumar a loiça… se por um lado vale a pena, por outro é desmotivador. Chegar ao fim da noite e, para além de não me ter preocupado com a comida, ainda ter a cozinha impecavelmente limpa fez desta noite uma noite muito melhor, da qual desfrutei muito mais. Recomendo, MUITO!

(Visited 1.071 times, 1 visits today)

Mais artigos para ti